Simulador de Financiamento de Veículos [Atualizado Maio/24]

Calcule o financiamento do seu veículo

Comparar taxas
Marca

Calculadora de simulação de financiamento de veículos

Você está pensando em comprar um carro ou uma moto, mas não tem todo o dinheiro para pagar à vista? Uma opção é fazer um financiamento de veículo, que é uma modalidade de crédito em que você pega um empréstimo com uma instituição financeira e paga em parcelas mensais, com juros e encargos.

Mas como calcular simulação de financiamento de veículos? Esse cálculo pode ser feito por meio de fórmulas matemáticas ou de ferramentas online, que levam em conta fatores como o valor do veículo, o valor da entrada, a taxa de juros, o número de parcelas e o tipo de financiamento. Além disso, é preciso consultar os dados do banco central, que divulga periodicamente as taxas médias de juros praticadas pelo mercado.

Neste artigo, vamos explicar passo a passo como calcular simulação de financiamento de veículos pelo método do sistema francês de amortização (Tabela Price), um dos mais utilizados no Brasil. Também vamos mostrar como consultar os dados do banco central e dar algumas dicas para você escolher o melhor financiamento para o seu bolso. Confira!

Como calcular simulação de financiamento de veículos pelo método do sistema francês de amortização (Tabela Price)

O método do sistema francês de amortização (Tabela Price) é uma fórmula que calcula o valor das prestações fixas de um financiamento de veículo, considerando uma taxa de juros composta. Nesse método, as prestações são iguais, mas a composição delas varia ao longo do tempo: no início, a maior parte é destinada aos juros e, no final, à amortização do saldo devedor.

Para calcular simulação de financiamento de veículos pelo método do sistema francês de amortização (Tabela Price), você precisa seguir os seguintes passos:

  1. Calcule o valor que será financiado, subtraindo o valor do veículo pelo valor da entrada. Por exemplo, se o veículo custa R$ 50.000,00 e você vai dar R$ 10.000,00 de entrada, o valor financiado será R$ 40.000,00.
  2. Consulte a taxa de juros do financiamento de veículo no site do banco central https://www.bcb.gov.br/estatisticas/txjuros, que divulga mensalmente as taxas médias praticadas pelas principais instituições financeiras do país. Escolha a taxa que mais se aproxima da sua realidade e lembre-se de que ela pode variar conforme o seu perfil e a sua negociação.
  3. Divida a taxa de juros anual pela quantidade de meses do ano (12) para obter a taxa de juros mensal. Por exemplo, se a taxa anual é de 18%, a taxa mensal será 1,5%.
  4. Calcule o valor da prestação fixa usando a seguinte fórmula: Prestação = Valor financiado x [(1 + Taxa mensal) ^ Número de parcelas x Taxa mensal] / [(1 + Taxa mensal) ^ Número de parcelas - 1]
  5. O resultado será o valor da prestação fixa que você pagará mensalmente pelo financiamento do veículo.

Como consultar os dados do banco central

O banco central é o órgão responsável por regular e fiscalizar o sistema financeiro nacional. Entre as suas atribuições está a divulgação periódica das taxas médias de juros praticadas pelas principais instituições financeiras do país, para diferentes modalidades de crédito, como financiamento de veículos, cheque especial, cartão de crédito e empréstimo pessoal.

Essas taxas são calculadas com base nas informações prestadas pelas próprias instituições financeiras ao banco central, e servem como referência para o consumidor comparar as condições oferecidas pelo mercado e escolher a melhor opção para o seu bolso. Além disso, essas taxas também são usadas para calcular o custo efetivo total (CET) de um financiamento, que inclui todos os encargos e despesas cobrados pela instituição financeira.

Para consultar os dados do banco central, você pode acessar o site https://www.bcb.gov.br/estatisticas/txjuros e selecionar a modalidade de crédito desejada. Você verá uma tabela com as taxas médias de juros anuais e mensais, o saldo devedor e o número de operações das principais instituições financeiras do país. Você também pode filtrar os dados por período, região, porte do cliente e tipo de instituição.

Dicas para escolher o melhor financiamento de veículo

Agora que você já sabe como calcular simulação de financiamento de veículos e como consultar os dados do banco central, vamos dar algumas dicas para você escolher o melhor financiamento de veículo para o seu bolso. Veja:

  • Pesquise e compare as condições oferecidas pelas diferentes instituições financeiras, como taxa de juros, prazo, valor da entrada, valor das parcelas e custo efetivo total. Você pode usar ferramentas online ou aplicativos para fazer simulações e encontrar a melhor opção para o seu caso.
  • Analise a sua capacidade de pagamento e não comprometa mais do que 30% da sua renda mensal com o financiamento do veículo. Lembre-se de que, além das parcelas, você terá outros gastos com o veículo, como combustível, manutenção, seguro e impostos.
  • Escolha o menor prazo possível para pagar o financiamento do veículo, pois assim você pagará menos juros e encargos. Além disso, se possível, antecipe ou amortize as parcelas sempre que tiver uma renda extra, como 13º salário ou bônus.
  • Negocie com a instituição financeira e tente obter as melhores condições possíveis para o seu financiamento de veículo. Você pode usar o seu relacionamento com o banco, o seu histórico de crédito ou a sua pontuação no cadastro positivo como argumentos para conseguir taxas mais baixas ou descontos.
  • Leia atentamente o contrato de financiamento de veículo e tire todas as suas dúvidas antes de assinar. Verifique se todas as informações estão corretas e se não há cláusulas abusivas ou ilegais. Fique atento aos seus direitos e deveres como consumidor e financiado.

O financiamento de veículo é uma modalidade de crédito em que você pega um empréstimo com uma instituição financeira e paga em parcelas mensais, com juros e encargos. Para calcular simulação de financiamento de veículos, você pode usar fórmulas matemáticas ou ferramentas online, que levam em conta fatores como o valor do veículo, o valor da entrada, a taxa de juros, o número de parcelas e o tipo de financiamento. Além disso, é preciso consultar os dados do banco central, que divulga periodicamente as taxas médias de juros praticadas pelo mercado.

Neste artigo, mostramos como calcular simulação de financiamento de veículos pelo método do sistema francês de amortização (Tabela Price), um dos mais utilizados no Brasil. Também mostramos como consultar os dados do banco central e demos algumas dicas para você escolher o melhor financiamento para o seu bolso.

Como fazer uma calculadora de financiamento de veículos no Excel

O Excel é uma ferramenta poderosa para realizar cálculos e análises financeiras. Com suas fórmulas e funções, é possível criar uma calculadora de financiamento de veículos personalizada, que permite simular diferentes cenários de empréstimo. Neste artigo, iremos mostrar passo a passo como fazer uma calculadora de financiamento de veículos no Excel. Vamos lá!

Passo 1: Configurando a planilha

Abra o Excel e crie uma nova planilha. Na primeira coluna, insira os seguintes títulos em ordem: "Valor do Veículo", "Entrada", "Taxa de Juros", "Número de Parcelas", "Valor da Prestação" e "Total Pago".

Passo 2: Inserindo os dados iniciais

Nas células abaixo de cada título, você pode inserir os valores iniciais para realizar as simulações. Por exemplo, na célula abaixo de "Valor do Veículo", digite o valor total do veículo que deseja simular o financiamento. Na célula abaixo de "Entrada", insira o valor que será dado como entrada. Continue preenchendo os demais campos com as informações necessárias.

Passo 3: Criando as fórmulas

Agora, vamos criar as fórmulas que irão calcular o valor da prestação e o total pago. Na célula abaixo de "Valor da Prestação", digite a seguinte fórmula:

=PGTO(Taxa de Juros/12, Número de Parcelas, -Valor do Veículo+Entrada)

A fórmula utiliza a função PGTO para calcular o valor da prestação mensal. Ela leva em consideração a taxa de juros mensal, o número de parcelas e o valor do financiamento (Valor do Veículo - Entrada).

Na célula abaixo de "Total Pago", insira a seguinte fórmula:

=Valor da Prestação*Número de Parcelas

Essa fórmula multiplica o valor da prestação pelo número de parcelas, fornecendo o total pago ao final do financiamento.

Passo 4: Personalizando a formatação

Para melhorar a visualização dos resultados, você pode formatar as células com o formato de moeda. Selecione as células de "Valor da Prestação" e "Total Pago", clique com o botão direito do mouse e escolha a opção "Formatar Células". Na guia "Número", selecione o formato "Moeda".

Passo 5: Realizando simulações

Agora que a calculadora está configurada, você pode realizar diferentes simulações de financiamento. Basta alterar os valores nas células de entrada e as fórmulas irão recalcular automaticamente os resultados.

Lembre-se de que essa calculadora de financiamento de veículos no Excel é uma ferramenta de simulação e os valores obtidos podem não corresponder exatamente aos valores oferecidos por instituições financeiras. Sempre consulte um profissional qualificado para obter informações mais precisas sobre financiamentos.

Agora você sabe como calcular a taxa de juros de um financiamento de veículo. Lembre-se de considerar todos os aspectos financeiros antes de assinar um contrato de financiamento, incluindo a taxa de juros, o valor total pago e o prazo do financiamento. Compare diferentes propostas, faça simulações e leve em conta seu orçamento pessoal. Dessa forma, você poderá tomar uma decisão informada e encontrar a opção de financiamento que melhor se adequa às suas necessidades e objetivos financeiros.

Com essas informações em mãos, você estará mais preparado para entender o custo do financiamento de um veículo e evitar surpresas desagradáveis no futuro. Faça os cálculos corretamente e faça uma escolha financeira inteligente que atenda às suas necessidades.

Calcule e simule qual o valor de parcela e valor total que você pagará por um financiamento de veículos. Exibimos as taxas de juros atualizadas de todos os bancos disponíveis no Banco Central, incluindo bancos tradicionais como Banco do Brasil, Caixa, Itaú, Bradesco e Santander.

Quais são as taxas inclusas em um financiamento de veículo?

As taxas mais comuns de encontrar em um financiamento de veículos são:

  • Taxa de Juros
  • IOF
  • Taxa de Cadastro (TAC)
  • Seguro de Proteção Financeira (você DEVE conseguir retirar esse item do seu financiamento)
  • Despachante (leia mais abaixo como comprar seu carro sem pagar despachante)

Por isso, fique sempre atento ao Custo Efetivo Total (CET). O CET é a taxa que reúne todos os itens adicionais do seu financiamento, ou seja, é o quanto você REALMENTE vai pagar de juros.

FAQ sobre Financiamento de Veículo

Quais são os requisitos para obter um financiamento de veículo?

Os requisitos podem variar entre instituições financeiras, mas geralmente incluem ter uma idade mínima (18 anos ou mais), comprovar renda suficiente para pagar as parcelas, apresentar documentos pessoais (RG, CPF), comprovante de residência e, em alguns casos, comprovar vínculo empregatício.

Qual a diferença entre taxa de juros fixa e taxa de juros variável?

A taxa de juros fixa permanece a mesma ao longo do contrato de financiamento, enquanto a taxa de juros variável pode ser ajustada de acordo com índices econômicos, como a taxa básica de juros do país. A escolha entre as duas opções depende da sua preferência e da sua visão sobre as flutuações do mercado.

Posso antecipar as parcelas do financiamento?

Sim, na maioria dos casos, você pode antecipar as parcelas do financiamento. No entanto, é importante verificar com a instituição financeira se há alguma taxa ou custo adicional associado a essa antecipação. Antecipar parcelas pode reduzir o valor total dos juros pagos e permitir que você quite o financiamento mais cedo.

Quais são as principais vantagens de financiar um veículo?

As principais vantagens de financiar um veículo incluem a possibilidade de adquirir um veículo mais caro do que você conseguiria comprar à vista, a oportunidade de utilizar o veículo imediatamente mesmo sem ter o valor total, a flexibilidade de pagamento em parcelas e a possibilidade de negociar melhores condições de compra.

Quais cuidados devo ter ao contratar um financiamento de veículo?

Alguns cuidados importantes ao contratar um financiamento de veículo incluem: comparar as taxas de juros e condições oferecidas por diferentes instituições financeiras, entender todos os termos e condições do contrato, verificar se há taxas adicionais, como taxa de abertura de crédito, e analisar se o valor das parcelas cabe no seu orçamento mensal.

Quais são as taxas inclusas em um financiamento de veículo?

As taxas mais comuns de encontrar em um financiamento de veículos são: Taxa de Juros, IOF, Taxa de Cadastro (TAC), Seguro de Proteção Financeira e Despachante. Por isso, fique sempre atento ao Custo Efetivo Total (CET). O CET é a taxa que reúne todos os itens adicionais do seu financiamento, ou seja, é o quanto você REALMENTE vai pagar de juros.

Como retirar as taxas indevidas do meu financiamento de veículo?

No ato da compra do seu veículo, o vendedor pode lhe alegar que todas as taxas inclusas no financiamento são indispensáveis, ou é condição do banco para oferecer o desconto no financiamento. Tente argumentar, mas se não conseguir retirar a taxa, sugerimos que após contratar o financiamento, ligue para o Serviço de Atendimento ao Consumidor do banco ou financeira e exija o cancelamento do seguro alegando venda casada. Caso não consiga o reembolso ou abatimento do valor em suas prestações, entre em contato com o PROCON do seu estado.

Como comprar carro sem pagar despachante (e economizar até três mil reais)?

Ao comprar seu carro novo, a concessionária irá lhe dizer que você precisa pagar as taxas do DETRAN e do despachante (a pessoa que vai por você no DETRAN realizar a vistoria do veículo). Emplacar o próprio veículo é um direito seu e lhe rende até três mil reais! Entre em contato com o DETRAN do seu estado e saiba onde e como você pode fazer o emplacamento do seu veículo. Garanto que será bem mais barato do que o que te informaram na concessionária, até porque o DETRAN cobra uma taxa adicional se um despachante for realizar o emplacamento ao invés de você. Se na concessionária insistirem que isso não é possível, diga que vai cancelar a compra do veículo! Eles nunca vão aceitar perder uma venda apenas por perder a comissão do despachante. Com alguma insistência, eles autorizam você a emplacar o próprio veículo.